Fale Conosco. Envie uma mensagem ou ligue para 51 3343.6866

Grande! Este é o resultado da última turma do BULLET, com vocês o trailer do filme "O concunhado". É uma história de ficção baseada em fatos reias. O lançamento mundial do filme está previsto para o dia 12 de abril em local ainda a definir. Esta turma foi show!!!! Te pilhou? Então corre lá que as inscrições para a próxima turma do BULLET já estão abertas. Entra ai na seção curso do site, e preenche a ficha de inscrição. Cada inscrito ganha uma camiseta maneira, com 4 designs para escolher. Quem gosta de cinema vai curtir certo! Vem aprender a fazer cinema low budget com resultados de...

Postado em: 04/04/2012 - 11:59

Depois de muito trabalho duro, está finalizado o curta “Sorriso Amarelo”! O filme ficou tão lindo que o professor Pedro Breitman decidiu que tinha que ter uma premiere! Olha aí um gostinho da obra final:   Vai ser no Banx, dia 03/06/2011, a partir das 19h30m. Quem quiser garantir o lugar, manda email para sorriso@inmovimento.com.br com teus dados (nome, email e telefone)! Ficou com vontade de fazer um curta, também? Te liga na nova turma que teremos em julho!

Postado em: 28/06/2011 - 15:55

Trash é um gênero de cinema, como é o filme de terror, o faroeste, a comédia ou o drama – com vários subgêneros, como o exploitation e o gore. Não se confunde com o filme B, que é um filme de baixo orçamento. Existem filmes trash de orçamentos milionários e com grandes estrelas, como o caso dos recentes “Planeta Terror”, “À Prova de Morte” e “Machete” – com a participação de astros como Bruce Willis e Quentin Tarantino. Em geral, trata-se de um filme “mal feito”, propositalmente ou não, com o objetivo de criar uma atmosfera irônica, divertida – ou ainda para criar uma atmosfera amadora,...

Postado em: 27/06/2011 - 18:12

Quando se pensa em animação, logo vem a cabeça a idéia de que é preciso ser um exímio desenhista. Não é verdade. Você pode criar animação com aqueles desenhos que ficava fazendo nas páginas do caderno escolar. Isso mesmo. Até bonecos de palitinho servem. Animação é criar a ilusão de movimento. Abaixo, exemplo de animação criado pelo Gustavo, meu aluno de animação, a partir de 12 desenhos. Repare na simplicidade dos desenhos. O importante aqui é a ilusão de movimento, que é percebida após os desenhos serem vistos em sequência, como em um Flipbook - Um flip book é uma coleção de...

Postado em: 27/06/2011 - 17:06

A experiência de se fazer um filme tem diferentes significados para cada pessoa que participa daquele momento mágico quando o diretor diz “ação”. É como se o tempo subjetivo de cada um parasse e desse lugar para um tempo coletivo simbólico.   Simbólico, porque, mesmo vendo os atores atuarem na “realidade”, estamos vendo-os “esteticamente” e não, digamos, como um evento normal do dia-a-dia.
Embora cada um no set esteja cuidando de uma tarefa, o faz para que ela contribua para um efeito geral imaginário que se supõe que existirá um dia como narrativa. Este “fenômeno” estranho se multiplica...

Postado em: 27/06/2011 - 16:51

Um filme só ganha vida a partir da edição – montagem. Antes disso existem apenas imagens avulsas. Lev Kuleshov, cineasta Russo (1899-1970), demonstrou a necessidade de considerar a montagem como o instrumento básico da arte do cinema. Em sua opinião, não é o conteúdo das imagens em um filme que é importante, mas a sua combinação. Kuleshov montou um pequeno filme, onde mostrava o rosto sem expressão de um homem, alternado com imagens de um prato de sopa, uma menina e o caixão de uma menina. O filme foi exibido para um público que acreditava que a expressão no...

Postado em: 27/06/2011 - 16:40

Não basta termos todo o dinheiro do mundo para fazer um filme se não tivermos a tecnologia necessária para materializarmos cinematograficamente o que está em nossa imaginação. A tecnologia determina a forma e o conteúdo do que consideramos ser cinema – o que faz, de certa forma, do diretor de fotografia o verdadeiro cineasta, isto, o verdadeiro “cinematógrafo”. Assim, podemos ter o melhor diretor do mundo, as mais fiéis reproduções de época em sets luxuosos e milionários, os grandes astros do cinema, roteiros épicos com diversas narrativas paralelas… mas, se estivermos em 1916, o filme, além...

Postado em: 27/06/2011 - 16:28